Início Geral CREMESP PARTICIPA DO 14º FÓRUM PAULISTA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES E COMBATE...

CREMESP PARTICIPA DO 14º FÓRUM PAULISTA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES E COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES DA SPSP

882
0

Refletir sobre as estratégias para identificar, encaminhar e prevenir situações de risco relacionadas às crianças e aos adolescentes – com ênfase nas áreas dos eventos não intencionais (acidentes) e intencionais (violências) em nível doméstico, na escola e nos ambientes públicos – foi o foco das palestras apresentadas durante o 14º Fórum Paulista de Prevenção de Acidentes e Combate à Violência contra Crianças e Adolescentes.
Realizado pela Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP) e Câmara Municipal de São Paulo, no dia 31 de outubro, o evento contou com a participação do Cremesp, representado pela presidente, Irene Abramovich, na mesa de abertura, e pela conselheira Paula Yoshimura Coelho, na coordenação da mesa redonda Atendimento pós-traumático.
Na abertura, o presidente do fórum e da SPSP, Sulim Abramovici, destacou a importância do fórum, realizado há 14 anos, como espaço para a articulação de ações em torno da questão da violência contra crianças e adolescentes.
“Esse fórum tem por objetivo dar visibilidade a um tema de extrema importância e de grande impacto social, responsável por uma morbimortalidade significativa em nosso país, possibilitando a articulação de ações integradas de diferentes agentes sociais para o aperfeiçoamento das práticas e proteção dos direitos das crianças e adolescentes em risco”, destacou Abramovich.
Irene, que é neurologista infantil, destacou a importância da ação conjunta do Cremesp e da Sociedade de Pediatria, assim como a relevância das discussões em torno do tema durante o fórum, para a orientação de médicos e demais profissionais da saúde no acolhimento às crianças e adolescentes vítimas de violência.
“Esse é um assunto gravíssimo para nós, médicos, e todos os que enfrentam, no seu dia a dia, situações relacionadas à violência contra crianças e adolescentes. É importante que esse fórum esteja aberto à família e diferentes profissionais da saúde, para que todos saibam identificar e saber o que fazer diante desses casos”, completou.
Atendimento pós-traumático
Vítimas conseguem superar os danos e conviver com as memórias do sofrimento, por Luci Y. Pfeiffer, eViolências e Cuidados Alternativos para Crianças e Adolescentes, por Dayse Cesar Franco Bernardi, foram temas das palestras que integraram a mesa redonda Atendimento pós-traumático, coordenada pela conselheira Paula.“Esse fórum é fundamental para a prevenção e o enfrentamento do gravíssimo problema da violência contra crianças e adolescentes. Temos de ter um olhar preparado e diferenciado sobre essa questão, temos de cuidar de quem inicia o caminho”, pontuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here